Aparentemente inofensivas, as aleluias podem causar grandes transtornos

Controle de Cupins - Dengue

Eles são pequenos insetos voadores, entram em nossas casas durante à noite, normalmente em dias ou épocas úmidas, permanecem girando em torno de fontes luminosas até que caem e perdem suas asas. Estamos falando das “aleluias“ ou “siriris“, como são popularmente conhecidos. Você sabia que esses insetos são cupins e podem proporcionar uma silenciosa e catastrófica destruição em nossas casas?

Existem três tipos de cupins: Os soldados (que são as fêmeas), os operários (machos) e os reprodutores (machos e fêmeas). Eles vivem em sociedade, assim como abelhas ou formigas, em lugares chamados cupinzais (que podem ser o forro ou assoalho de madeira de nossas casas).

Os cupins reprodutores são justamente os alados, aqueles que invadem nossas casas. Eles saem dos cupinzais em épocas onde a umidade do ar é grande, com o objetivo de se reproduzir e buscar novas áreas para instalação. Quando encontram o local apropriado, normalmente no solo arenoso ou em madeiras dependendo da espécie, perdem suas asas e, ao formarem casais, iniciam a reprodução e um novo cupinzal. A partir de então, o casal formado passa a se chamar “casal real“.

Depois disso, o novo casal cria galerias no local para que possam desenvolver uma câmara mais ampla, chamada de “câmara nupcial“, local onde a fêmea coloca os primeiros ovos. 1 mês depois da revoada, os primeiros cupins nascem nos três formatos (soldado, operário e reprodutores) e, assim, precisam ampliar as galerias e reiniciar todo o ciclo. O casal real pode viver por 30 anos e a fêmea, colocar 80 mil ovos por dia.

A cada galeria e câmara criadas o local onde o cupinzal foi desenvolvido vai sendo corroído. Uma árvore atingida por cupins, por exemplo, pode ficar totalmente oca e perder suas estruturas ficando assim vulneráveis a qualquer intempérie climática. Exatamente o mesmo pode acontecer na estrutura de madeira, assoalho ou forro de nossas casas. A celulose presente nesses locais é o seu principal alimento, fonte para reprodução e moradia.

Como prevenção contra a invasão, é possível tomar algumas simples providências como:

  • Utilização de telas em janelas;
  • Utilização de luminárias externas em época de infestação e bacias com água ao seu redor;
  • Não acumular papéis num único local por muito tempo;
  • Checar fundos de armário e áreas da casa com bastante umidade;
  • Em último caso, manter as fontes de luminosidade da casa apagadas durante o momento das revoadas, até que eles se dirijam para outros locais.

Caso seja notado pó de madeira, superfícies ocas, asas de aleluia e sinais de trilhas, chame imediatamente a Limptec para que a descupinização seja realizada.

Limptec. Solucionando com eficiência, rapidez e qualidade.

Fontes: Terra, Wikipedia, Diário de Biologia, Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *