Restaurante limpo, descontaminado e livre de pragas

Controle de Pragas - Moscas

Quando entramos em um estabelecimento comercial do ramo alimentício (restaurante, bar, lanchonete, etc) e detectamos a presença de insetos, certamente não foi aplicado o controle integrado de pragas (CIP) naquele local. Apesar da limpeza nos utensílios que compõe o estabelecimento e da aparente qualidade do alimento fornecido, se não houver o CIP, que é obrigatório, ambos poderão estar em risco eminente de contaminação.

Neste caso, o estabelecimento pode ser multado e até interditado pela vigilância sanitária.

 

O CIP, como seu próprio nome diz, tem o objetivo de utilizar métodos e técnicas para acabar com qualquer possibilidade de instalação de colônias de insetos e bactérias e com a infestação de animais que possam transmitir doenças, como ratos.

Porém, para que o controle possa ser aplicado, é preciso fazer um estudo minucioso do ambiente, verificando os tipos de alimentos fornecidos, as instalações do estabelecimento, os tipos de pragas que teriam o ambiente como propício para a instalação, o estudo de métodos e a adequação criteriosa às normas, enfim, é necessário amplo conhecimento. O maior objetivo da adequação às normas é extinguir a mínima possibilidade da contaminação dos alimentos na hora da aplicação do controle. E lógico, acabar com as pragas.

Desta forma, a Limptec Dedetizadora atribuiu à sua longa experiência no mercado, a aplicação do CIP para estabelecimentos alimentícios, utilizando equipamentos profissionais e uma equipe amplamente qualificada para a realização desse serviço.

Para a Limptec, muito mais importante do que o controle químico das pragas, serviço o qual pratica com qualidade e eficiência, é conscientizar as pessoas de que a proliferação de pragas pode causar grandes malefícios à saúde. Por isso, seguem algumas dicas para que o ambiente permaneça intacto por muito mais tempo:

  • Verificar se o ambiente de armazenamento não refrigerado dos alimentos possui qualquer fonte de umidade, como infiltração nas paredes. A umidade torna o ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias.
  • Verificar se há vedação nas janelas, forros e até nos ralos, o que dificulta a entrada de insetos que poderiam aproveitar o ambiente e formar novas colônias.
  • A higienização é um item básico. Por isso, é preciso disponibilzar sempre uniformes limpos e meios para que os funcionários do estabelecimento higienizem suas mãos antes de iniciarem seus serviços.
  • Os lixos devem estar absolutamente vedados e precisam ser retirados sempre dos estabelecimentos para evitar qualquer possibilidade da proliferação de bactérias.

Limptec. Solucionando com eficiência, rapidez e qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *